Adibra promove churrasco de confraternização em São José do Rio Preto

A Adibra (Associação das Empresas de Parques de Diversões do Brasil) realizou, em 30 de janeiro, um churrasco de confraternização, em São José do Rio Preto, que reuniu 64 operadores de parques e fornecedores do setor. A iniciativa do evento foi da diretoria de Parques Itinerantes, comandada por Rodger Augusto, que ressalta que a Adibra surgiu há 28 anos, com a iniciativa do Playcenter, fortalecida pelos parques itinerantes da época. “Convidamos operadores e fornecedores associados e também que ainda não são associados para mostrar a eles os frutos de fazer parte da Adibra para, juntos, defendermos nossa categoria da melhor maneira possível”, diz Rodger.

IMG_1019

Na oportunidade, todos foram recepcionados com um animado churrasco. De acordo com Rodger, ações como essa são essenciais devido à tendência de expansão dos parques itinerantes. “Cada vez mais empresas de diversos setores têm percebido que montar um parque de diversões em seus eventos é uma ótima maneira de aumentar a visitação e a permanência do público”.

No país, este segmento é importante e ainda possui um vasto campo para crescer, mas já movimenta, anualmente, cerca de R$1 bilhão. Para Célio Borges da Costa, associado que, no churrasco, representou o presidente da entidade, Francisco Donatiello Neto, e a vice-presidente, Vanessa Costa, ressaltou que todos querem uma Adibra mais forte e atuante. “Os associados não esperam um retorno monetário, e sim informação, respaldo, apoio e troca de experiências”.

IMG_1011

Durante o evento, Costa leu uma carta assinada pelo presidente e pela vice-presidente da entidade, na qual elogiaram a criação do evento e citaram a atualização da NBR 15926, referente às normas técnicas para parques de diversões. “Esta é a hora de todos opinarem e passarem suas observações para a Adibra. Todo esse processo levará seis meses, mas as sugestões deverão ser encaminhas até, no máximo, abril, para serem avaliadas. Não podemos perder a hora certa de agir, levando em consideração que, se perdermos essa oportunidade, nenhuma solicitação poderá ser atendida até a próxima atualização, daqui a cinco anos”, lembra Costa.

Os diretores do Guarujá Park, de São José do Rio Preto, Aristóteles Sócrates Ikeda Gomes e Luiz Carlos Gomes, elogiaram o evento. “Com essa aproximação, esperamos que haja mais união e melhorias para o setor, promovendo padronização, legislação mais eficiente e acesso à tecnologia nos equipamentos”, afirma Aristóteles. “Um evento como esse só irá favorecer nossas andanças pelo país, pois as dificuldades são muitas em termos de normatização. Esperamos que a Adibra possa nos ajudar nisso”. Completa seu irmão, Luiz Carlos.

Comments are closed.